Queimadura pelo calor

O que fazer?

  •  Se a roupa estiver a arder deve envolver-se a vítima numa toalha molhada.

Na sua ausência a regra é:

                         PARAR – DEITAR – REBOLAR

 

REGRAS GERAIS:

  • Arrefecer de imediato a lesão em água fria corrente (S.F) desde que a queimadura não afecte uma grande extensão do corpo. Caso a roupa esteja colada à pele, não tentar retirá-la, cortar à volta das partes coladas. Remover anéis, relógios ou outros acessórios cuja remoção possa ser dificultada pelo edema;
  • Continue a arrefecer a zona queimada até 20 minutos após o acidente;
  • Nas queimaduras de 2º e 3º Grau cobrir a região queimada com gaze gorda e compressa esterilizada ou compressa esterilizada humedecida;
  • Dar água a beber frequentemente no caso de se tratar de uma queimadura que não implique a recorrência ao sistema hospitalar (de baixa gravidade).

 

Queimadura de 1ºGrau quando tratada em casa:

  1. Arrefecer com água cerca de 15 a 20 minutos;
  2. Aplicar creme para queimaduras (ex:queimax, biafine…).

Queimadura de 2ºGrau quando tratada em casa:

  1. Arrefecer com água cerca de 15 a 20 minutos;
  2. Aplicar gaze gorga; betadine pomada; compressa estéril pela ordem descrita;
  3. Aplicar ligadura não constritiva no sentido ascendente.

O que não fazer?

  • Nunca deve retirar qualquer pedaço de tecido que tenha ficado agarrado à queimadura;
  • Não deve rebentar as flictenas excepto se forem de sangue;
  • Nunca aplicar manteiga, azeite ou outra substância gordurosa, gelo ou café.

Recorrência ao Hospital:

Deve-se chamar a ambulância, transportando a vítima ao hospital no caso de:

  • Queimadura de 3º Grau qualquer que seja a área queimada;
  • Queimadura de 2º Grau com área afectada extensa;
  • Queimadura na face de qualquer grau;
  • Queimadura que atinja os órgão genitais independentemente do grau;
  • Queimadura de 1º grau com dor intensa e insuportável.

Enquanto espera pela ambulância deve manter a vítima deitada, se possível com os membros inferiores elevados. Não dar de beber ou comer pois dependendo da gravidade da queimadura a vítima pode estar sujeita a uma intervenção cirúrgica (indução anestésica).